Avançar para o conteúdo principal

Destralha a tralha que atrapalha!

A ideia não era ser um trava-línguas. Mas que ficou bonito ficou, ahahah!

O regresso das férias de Verão e o início do caminho para o Outono é a época que mais associo a uma boa destralha, aquela famosa palavrinha inglesa do declutter. Vamos entrar num período de recolhimento, de conforto em casa e por isso, nos dias que começam a ser um pouco mais curtos e mais frescos, bora atacar o excesso e o que está a mais a atravancar as nossas vidas. Vamo'nessa?

Há muitos livros e artigos e informação sobre o tema. Há gurus do assunto.
Mas poupem-se, aqui está o resumo do que precisam saber para fazer uma boa destralha em casa.

Em tudo o que é objecto fisico, 2 perguntas devem ser feitas:

- eu hoje compraria/usaria isto?
- posso dar-lhe outra utilidade?

Aqui falamos de artigos como:

>>> roupa
>>> sapatos
>>> malas, bijutarias e seus derivados
>>> cosméticos
>>> maquilhagem
>>> acessórios de cozinha
>>> despensa e frigorífico
>>> electrodomésticos e gadgets que não se usam


Nao é preciso fazer tudo num dia, podem definir tratar apenas uma divisão ou até só um móvel por dia, e ir vendo o que há e decidindo ao vosso ritmo. Mas sem empastelar para uma never ending story, ok?

Porque "Aiiii, gosto tanto desta blusinha às bolinhas que vestia há 10 anos atrás quando o meu número era o 34" ou "Estes brincos de mola aleijam-me as orelhas que se farta, mas são tão fofos que vou guardá-los, nunca se sabe se as minhaas orelhas mudam de formato..." 
Sabe sim.
Sabe-se que NUNCA aqueles brincos vão ser usados, e por isso vale mais a pena desfazermo-nos deles. Ponto.
Haverão outras orelhas perfeitas para eles.

O caminho passa por:

1) DOAR o que estiver em boas condições de utilização. Há muitas instituições para poder receber material, e não, não falo dos contentores a cada esquina.
2) VENDER, em plataformas como o OLX ou lojas como a Cash Converters, caso se deseje encaixar algum dinheiro e se tratem de produtos de marca ou electrodomésticos quase novos, por exemplo
3) aplicar a técnica ONE IN, ONE OUT. Só entra algo novo quando vemos que há alguma peça que vamos retirar/já retiramos.


Mas fica já a nota que não é só a cozinha e os armários da roupa que podem levar uma bela volta. Isso, a par das despensas, são as áreas obvias. Mas há muito mais que é possível rever.

Material de escritório - para quê 30 canetas, 12 blocos de papel, 5 borrachas, etc, etc...?

Documentos em papel - passar para factura digital a luz, a água o gás, a tv, etc, ajuda a minimizar o papel a entrar; digitalizar as fotografias mais importantes e queridas; e deitar fora aquele recibo da farmácia de há 9 anos atrás, ok? Menos papel para processar, mais tempo para viver. Simples.

Ficheiros no computador - também precisam uma boa escolha de vez em quando, é de bradar aos céus a quantidade de ficheirinhos que vamos acumulando.

Informação digital (newsletters e notificações) - ir ver a caixa de email e acabar com muitas coisas que recebemos... só porque sim e nem vemos. Botão milagroso ao fundo dos emails: UNSUSCRIBE!

Medicamentos - tudo o que está fora da validade ou com aspecto já estranho... As farmácias tem uns reservatórios próprios, vejam aqui.

Livros e revistas - tambem necessário organizar e escolher, há livros que nunca vamos ler, não nos enganemos, e revistas que só guardamos muitas vezes por causa de uma página (digitalizem SÓ essa página, boa?!!!)

Dizem que quando se começa a praticar estas revisões frequentes da tralha se torna um vício 😊, mas se for verdade, é um vício dos bons. Porque minimizar o que nos rodeia e os processos a que isso nos obriga é ganhar tempo para poder estar com quem mais queremos e fazer o que mais gostamos. A velhinha frase batida do menos é mais!

E tu, costumas fazer estas limpezas e destralhas? Que técnicas e truques usas para escolher o que fica e o que vai? Partilha a tua expêriencia, é interessante ver várias formas de não deixar acumular tralha.

Design by Frepik



Comentários

  1. :) Passa do pensar à acção. Seja começando por uma gaveta ou por uma pasta no computador! E depois vai-se seguindo. ;)

    ResponderEliminar
  2. Costumo fazer isto para aí 1/2 vezes por ano... Desfaço-me daquela roupa que não uso e dou a roupa a pessoas que conheço!

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2017/09/5-coisas-que-vais-precisar-na-casa-na.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  3. olá Beatriz, é mesmo fundamental ir escolhendo para não deixar acumular. E isto também implica passar a comprar com mais certeza, e só o que faz mesmo falta. É um bom hábito!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário